Eclâmpsia

Eclâmpsia

 Toxemia

 

A toxemia da gravidez é uma condição delicada, que requer múltiplos cuidados. Caracteriza-se por aumento da pressão arterial, edema (inchações, principalmente nas pernas) e proteinúria (perda de proteína pelos rins). Surgem alterações da placenta, podendo comprometer o desenvolvimento fetal.

Em resumo, os sintomas da toxemia são os seguintes (podem não aparecer todos):

1. Aumento rápido de peso.

2. Dor de cabeça.

3. Tontura.

4. Zumbido nos ouvidos.

5. Alterações visuais.

6. Pressão alterada (alta).

7. Perda de proteína pela urina.

8. Inchaço, principalmente nas pernas e mãos.

 

Cuidados preventivos

 

Para prevenir a toxemia, a gestante deve medir freqüentemente a pressão arterial (pelo menos uma vez por semana) e controlar o peso. Ocorrendo aumento de pressão ou inchação, deve procurar logo o médico, para avaliação. Se o peso aumenta demais por conta da alimentação, deve submeter-se a um programa controlado de dieta. Não deve, contudo, abster-se de alimentos sem orientação profissional.

O controle da dieta na gravidez é de importância capital na prevenção de complicações como a toxemia.

 

Obesidade e risco de eclâmpsia

 

O aumento excessivo de peso representa sobrecarga ao sistema circulatório, que, durante a gravidez, já recebe incumbências pesadas: tem de lidar com volume de sangue até 40% maior. Para prevenir a eclâmpsia, um dos primeiros cuidados é controlar de perto o aumento de peso da gestante.

 

No caso de toxemia...

 

Constatada a toxemia, a gestante deve seguir rigorosamente a orientação médica. Em geral, prescrevem-se:

1. Repouso na cama.

2. Evitar sal.

3. Alimentação saudável, rica em frutas e vegetais frescos.

4. Controle cuidadoso da pressão arterial, e vigilância dos sintomas.

5. Acompanhamento médico permanente.

 

Eclâmpsia é uma grave complicação da toxemia da gravidez, caracterizada por convulsões parecidas com as do epiléptico, que podem ser seguidas de coma. Há risco de vida, e a paciente deve ser encaminhada urgentemente a um hospital. Entre os sinais de alerta para a eclâmpsia: súbito inchaço no rosto, dor de cabeça, dificuldade para enxergar, dor forte na região do estômago (é possível que não se manifestem todos esses sinais). Na presença de qualquer um desses sintomas, é preciso correr para o médico.

 


Programa Saúde Total

Levando informações aos ouvintes sobre saúde e qualidade de vida, valorizando os benefícios da natureza: ar puro, atividade física, água, luz solar, alimentação, repouso, abstinência e muito mais.