Rins, Doenças dos

Rins, Doenças dos

 São inúmeras as doenças que acometem nossos órgãos filtradores. Crêem os naturistas, e isto se tem demonstrado correto na prática, que muitas doenças dos rins provêm do excesso de produtos de degradação para eliminar, ao longo de vários anos, o que sobrecarrega e enfraquece o órgão, produzindo a maior parte de suas doenças. Proteína, condimento, cálcio e sal demais, que vêm do uso e abuso de carnes, queijos, laticínios, conservas, frios, embutidos etc., e outros fatores de uma alimentação desregrada, como o uso de açúcar, guloseimas, condimentos, alimentos refinados e frituras, constituem, na opinião dos naturistas, juntamente com o álcool, as drogas e o fumo, fatores que determinam a falência dos rins por uma cota desgas­tante de trabalho. O estresse é outro ingrediente que sem dúvida contribui para o agravamento da situação. Para a maioria das doenças renais, uma dieta leve, naturista, abundante em frutas, verduras, água, é a melhor recomendação.

Neste manual, abordamos, especificamente, doenças urinárias como: glomerulonefrite aguda (ou nefrite), síndrome nefrótica (ou nefrose), insuficiência renal, infecções das vias urinárias superiores (pielonefrite) e infecções das vias urinárias inferiores (uretrite, cistite e prostatite).

Abordamos também os cálculos dos rins, ou nefrolitíase. É conveniente esclarecer que, particularmente em disfunções como a nefrose, a uremia ou insuficiência renal e a glomeru­lonefrite crônica, é indispensável o cuidadoso acompanhamento médico, pois haverá necessidade de controlar de perto a perda e a ingestão de nutrientes como potássio, água, proteína e sódio.

 


Programa Saúde Total

Levando informações aos ouvintes sobre saúde e qualidade de vida, valorizando os benefícios da natureza: ar puro, atividade física, água, luz solar, alimentação, repouso, abstinência e muito mais.