VERÔNICA

VERÔNICA

VERÔNICA
(Veronica officinalis).
 
 
FAMÍLIA: Escrofulariáceas.
 
OUTROS NOMES: Verônica-das-boticas, verônica-da-alemanha, verônica-macho, chá-da-europa, chá-do-norte.
 
DESCRIÇÃO: Planta de 10 a 30 cm, verde-escura, aveludada. Haste herbácea, rasteira, ramosa. Folhas opostas quase sésseis, oval-elípticas, serreadas. Flores azul-pálidas ou branco-rosadas, quase sésseis, em cachos axilares ou terminais. Cálice de 4 divisoes quase iguais, curtas, lanceoladas. Corola pequena, de 4 divisões rotadas. O fruto é uma cápsula pequena, polisperma.
 
USO MEDICINAL: A verônica aumenta a secreção urinária e favorece a expectoração.
É de muita utilidade nas afecções pulmonares, como seja nos catarros pulmonares crônicos, bronquites, tosses, tísica.
Presta bons serviços na icterícia, areias, cálculos dos rins, bexiga e fígado, febres intermitentes.
Diz o Dr. Leo Manfred:
“O suco espremido desta planta, na dose de 60 gramas por dia, cura a gota.
“O cozimento a 10% é empregado para lavar qualquer classe de chagas de mau caráter...
  “Em infusão, esta erva é ainda hoje usada... para curar os catarros do peito.”
 
PARTE USADA: Toda a planta, por infusão ou decocção.
 
DOSE: Normal.

Programa Saúde Total

Levando informações aos ouvintes sobre saúde e qualidade de vida, valorizando os benefícios da natureza: ar puro, atividade física, água, luz solar, alimentação, repouso, abstinência e muito mais.