CIPÓ-CHUMBO

CIPÓ-CHUMBO

CIPÓ-CHUMBO
(Cuscuta umbellata).
 
 
FAMÍLIA: Convolvuláceas.
 
OUTROS NOMES: Cipó-dourado, fios-de-ouro, xirimbeira, cuscuta.
 
DESCRIÇÃO: “O cipó-chumbo vive sempre à custa de outras plantas, destruindo-as. Seus caules finos e volúveis trepam sobre qualquer vegetal vizinho, separam-se da raiz e ficam vivendo à custa daquele de que se apoderaram. Compõem-se de vergônteas lisas, finas, esverdinhadas às vezes, quase sempre amarelas, sem folhas, com feixes de flores pequenas e arredondadas, brancas, ou trigueiras. O fruto é pequena cápsula”. – Dicionário Brasileiro de Plantas Medicinais, pág. 97.
 
USO MEDICINAL: É adstringente, estomáquico e diurético. Usa-se para combater as diarréias sanguinolentas, as hemoptises, a icterícia. Nas afecções da garganta e nas anginas, fazem-se gargarejos com o cozimento desta planta. O suco fresco desta convolvulácea é muito útil na amigdalite e na rouquidão.
Seca e reduzida a pó, aplica-se sobre as feridas e úlceras para as cicatrizar.
 
PARTE USADA: Toda a planta. 
 
DOSE: Normal.

Programa Saúde Total

Levando informações aos ouvintes sobre saúde e qualidade de vida, valorizando os benefícios da natureza: ar puro, atividade física, água, luz solar, alimentação, repouso, abstinência e muito mais.