Vitamina B2 (Riboflavina)

Vitamina B2 (Riboflavina)

 Vitamina B2 (riboflavina)

 

"Lactocromo"

Primeiramente, a vitamina B2 foi chamada de lactocromo, dada sua coloração amarelada, relacionada à nata do leite. Em 1879, Blyth notou sua existência na forma do referido pigmento, mas só em 1932 um grupo de cientistas alemães isolou a "enzima amarela", necessária à respiração da célula.
Em 1926, Goldberger e Lillie propuseram que a vitamina B2 era composta de dois fatores, dos quais o mais sensível à ação do calor era o fator antiberibéri (ou vitamina B1), e o mais resistente era o que depois veio a ser chamado de vitamina B2,ou vitamina G. Em 1935, Kahn e colaboradores chegaram à síntese da riboflavina.
O armazenamento desta vitamina é pouco significante, devendo a dieta fornecê-la a contento.

 

Funções metabólicas básicas

- A riboflavina ajuda a constituir um importante grupo de enzimas, as flavoproteínas, que atuam no metabolismo dos glicídios, dos lipídios e das proteínas.

- Mais precisamente, a riboflavina combinada ao ácido fosfórico, nos tecidos, participa da composição de duas coenzimas, a flavina mononucleotídio (FMN) e a flavina adenina dinucleotídio (FAD). Estas duas coenzimas, por sua vez, constituem as flavoproteínas, na forma de grupo prostético.

- As flavoproteínas catalisam as reações celulares de oxirredução, transportando hidrogênio através do sistema mitocondrial de transporte de elétrons.

- Como se pode notar, a produção de energia pela célula necessita de riboflavina.

- A ativação da vitamina B6 e a manutenção do ácido fólico e suas coenzimas requerem riboflavina.

- É necessária à utilização dos aminoácidos e ao metabolismo intermediário da glicose e dos ácidos graxos. É também importante na absorção intestinal dos glicídios.

- O ferro requer riboflavina para o seu metabolismo.

- A vitamina B2 está associada à formação de hemáceas, à glicogenogênese, à produção de hormônios, como os corticosteróides, e à regulação das enzimas tireoideanas.

- O crescimento e a função visual requerem riboflavina.

 

Sintomas de carência

- Os sintomas clássicos da carência de vitamina B2 (arriboflavinose) são glossite (inflamação da língua), estomatite angular (inflamação na comissura dos lábios), queratose folicular seborréica no sulco naso¬labial, no nariz e na testa, e dermatite ano-genital.

- Manifestações oculares, como aversão à luz (fotofobia), cegueira noturna, tensão e fadiga ocular, ardor nos olhos, vascularização na córnea, conjuntivite angular e ambliopia (redução da visão). Em animais, foi demonstrada uma relação entre a carência crônica de riboflavina e a catarata.

- Não foram registrados sinais de hipervitaminose riboflavínica.

 

Necessidades nutricionais

- Segundo as RDA, as necessidades de riboflavina são de 0,6 mg a cada 1.000 kcal para adultos, ou 1,6 mg/dia para a média de homens e 1,2 mg para a média de mulheres.

- As gestantes e as nutrizes devem acrescentar 0,3 mg e 0,5 mg/dia de riboflavina, respectivamente.

- As crianças requerem 0,6 mg de riboflavina a cada 1.000 kcal ingeridas.

- A FAO estabeleceu em 0,55 mg por 1.000 kcal os requerimentos para todas as faixas etárias.

 

Boas fontes alimentares

Vegetais folhosos de cor intensa, leguminosas, gema de ovo, leite fresco e requeijão são exemplos de boas fontes alimentares de riboflavina, pertencentes à linha lacto-ovo-vegetariano-naturista de dieta.

 

Fatores de estabilidade e instabilidade

A vitamina B2 é estável ao calor, à oxidação e ao meio ácido. É, todavia, muito sensível à luz e à alcalinidade. Em duas horas de exposição à luz, o leite pode perder cerca de 50% de seu conteúdo de riboflavina; por esse motivo, o leite deve ser acondicionado em saco plástico opaco ou em caixas descartáveis.

 

Teor de vitamina B2 em alguns alimentos (mg em 100g):
Abacate (roxo)
327
Amendoim cru (sem a película)
460
Amendoim vermelho (só a película)
1.570
Avelã
675
Brócolis (folhas, desidratado)
1.020
Escarola
250
Espinafre
305
Farinha de soja
396
Favas
310
Feijão branco
300
Gema de ovo de galinha
555
Leite (cru, integral, de vaca)
653
Lêvedo de cerveja em pó
4.612
Mostarda (folha)
375
Nozes
575
Ovo de galinha (inteiro)
370
Salsa
300
Tâmara fresca
1.750
Trigo integral
195
Vagem crua
200 

Programa Saúde Total

Levando informações aos ouvintes sobre saúde e qualidade de vida, valorizando os benefícios da natureza: ar puro, atividade física, água, luz solar, alimentação, repouso, abstinência e muito mais.