O Perigo dos Aerossóis

O Perigo dos Aerossóis

 Você com certeza já deve ter visto ou usado um desodorante ou antitranspirante aerossol, mas já se perguntou do que é feito e como isto nos afeta? Pois saiba que o comum aerossol pode causar inúmeros prejuízos.

 

 

O que é o Aerossol?

         Ao contrário do que muitos pensam, aerossóis não são substâncias gasosas. São partículas sólidas ou líquidas que se encontram suspensas em um meio gasoso (geralmente o ar).

Alguns exemplos de aerossóis líquidos são as partículas que compõem nuvens, neblinas, ou os desodorantes e purificadores de ar em spray. Dentre os sólidos, podemos citar a fumaça e a poeira, por exemplo. Assim, é possível dizer que este material pode ser de origem natural ou produzido a partir das atividades humanas.

         As emissões antropogênicas, ou seja, resultantes de atividades humanas, de aerossóis atmosféricos têm aumentado significativamente nos últimos 156 anos, causando vários impactos ambientais, que incluem efeitos adversos à saúde humana, como problemas de visão.

         Antigamente, os aerossóis não eram inclusos em modelos matemáticos que buscavam prever o clima, o tempo e a qualidade do ar. O fato de hoje suas influências sobre o clima serem consideradas demonstra um aumento na complexidade dos cenários de mudanças climáticas, além das incertezas neles envolvidas.

 

 

Impacto Ambiental

         A preocupação com o meio ambiente é constante, inclusive quando o assunto é o perigo do uso de embalagens em aerosol, principalmente os desodorantes. Uns dizem que esse tipo de embalagem é fatal para a camada de ozônio, outros, garantem que não é, que tudo não passa de uma lenda urbana para prejudicar as grandes indústrias de cosméticos. Afinal, os desodorantes aerosóis prejudicam ou não a camada de ozônio?

         Na verdade, o culpado de toda essa discussão não é o aerosol, mas sim o clorofluorcarbono (CFC), também conhecido como freon. Esse gás é emitido por alguns produtos que a maioria de nós tem em casa, como a geladeira, ar condicionado, extintor de incêndio, e é claro, as embalagens tipo spray aerosol, presentes não só em desodorantes, como também em tintas, inseticidas, resinas, enfim, em diversos produtos cosméticos, farmacêuticos, veterinários, domissanitários e industriais.

         O freon liberado no ar quando usamos esses produtos, sobe até a camada de ozônio e a destrói, formando buracos. Especialistas informam que hoje, o maior buraco na camada de ozônio, encontra-se acima da Antártida. Ele é quase do tamanho da América do Sul e pode diminuir ou aumentar de acordo com a época do ano, atingindo em setembro seu maior tamanho.

 

 

Problemas de Saúde

Nos desodorantes são usados em geral óleos essenciais como o sândalo, ou ainda ingredientes sintéticos, como o triclosan. "Existe ainda o velho e bom desodorante de bicarbonato de sódio, que é o mais seguro que existe. Ele modifica o ph da pele e inibe assim o crescimento bacteriano", afirma o professor e especialista em Cosmetologia, Maurício Pupo.

Entretanto, os desodorantes nunca são tão potentes como os antitranspirantes. Os antitranspirantes impedem a saída da transpiração, fazendo com que o suor fique retido dentro do poro. E ele faz isso graças à presença do alumínio, que tem o poder de fechar os poros. Quanto mais alumínio existe na formulação, mais ele irá fechar os poros e por mais tempo os manterá fechados. É o caso dos desodorantes 24, 48 horas. Daí vem sua eficiência. Não havendo saída do suor não há também o mau cheiro.

Porém existe uma grande corrente de cientistas no mundo todo pesquisando se o alumínio faz ou não mal à nossa saúde. Especialmente em países como o Brasil, onde o uso é exagerado e os consumidores procuram produtos de longa duração, ou seja, aqueles com maior concentração de alumínio em sua fórmula. É algo preocupante, já que diariamente o alumínio é depositado na superfície da pele, além de estarmos respirando o alumínio cada vez que pressionamos a válvula do aerosol.

         E atenção mulheres, fiquem atentas aos riscos de câncer. Alguns desses cientistas afirmam que a aplicação do alumínio na forma de antitranspirantes pode estar relacionado ao aparecimento do câncer de mama em mulheres jovens. Também foi encontrado o alumínio em tecidos cancerosos retirados da mama em mulheres.

O que Fazer?

        O conselho que damos à você é que não utilize os aerossóis, principalmente os antitranspirantes, pois são prejudiciais à saúde.

         Existem pessoas que substituem o aerossol com os desodorantes em creme, ou mesmo os desodorantes em líquido, estes não são prejudiciais a saúde, outros há, que utilizam o limão como um desodorante natural. Faça sua escolha a fim de que possa ter saúde total. 


Programa Saúde Total

Levando informações aos ouvintes sobre saúde e qualidade de vida, valorizando os benefícios da natureza: ar puro, atividade física, água, luz solar, alimentação, repouso, abstinência e muito mais.