Entenda a Problemática do Café!!

Entenda a Problemática do Café!!

  O Brasil é indiscutivelmente, a maior nação produtora de café do mundo. Em 2014, o país produziu um escalonamento de 2.720.520.000 kg de grãos de café.

 
E não é um novo desenvolvimento, pois o Brasil tem sido o maior produtor global de grãos de café por mais de 100 anos.
 
O maior produtor de café do Brasil é o estado de Minas Gerais, logo em seguida, o Espírito Santo ocupa o lugar de segundo maior produtor de café no Brasil, e o primeiro em robustez. No ES, o grande avanço se deu por volta de 1850, e o estado tem na cultura do café sua maior renda.
 
Frank Sinatra, considerado um dos mais populares e influentes artistas musicais do século 20, compôs a música “Coffe Song” também conhecida como "They've Got an Awful Lot of Coffee in Brazil," ("Eles têm uma incrível quantidade de café no Brasil" em português) é uma canção satírica gravada pela primeira vez em 1946 por Frank Sinatra.
 
A letra satiriza não só a enorme safra de café no Brasil como também o costume quase frenético dos brasileiros de consumirem a bebida na época, alegando, entre outras coisas, que outras bebidas como os sucos não são encontrados no país, e que a filha de um político foi multada por beber água. Estes exemplos cômicos na canção foram usados para analisar ou meramente retratar a indústria de café no Brasil.
 
Incontrolavelmente, as pessoas mantem o costume inquieto de tomar o cafezinho logo de manhã. É um hábito, costume, que já faz parte do dia-a-dia da maioria dos brasileiros.  
 
Mas quais são as consequências do inofensivo cafezinho?
 
 
 
 
Cafeína
 
Muitas pessoas creem que a cafeína é o único malefício que podemos considerar no café, mas não é. A cafeína representa a questão mais notável, tem este nome pois é mais abundante nos grãos de café.
 
A cafeína é classificada pela bioquímica como um alcalóide do grupo das xantinas trimetiladas e encontrada em aproximadamente 60 tipos de plantas como as folhas de diversos chás, noz de cola (Cola acuminata) , frutos do guaraná (Paullinia cupana), grãos de café (Coffea arabica) e no cacau (Theobroma cacao). A cafeína atua nas plantas como pesticidas naturais protegendo-as de insetos que se alimentam destas plantas.
 
A cafeína é um estimulante e vasodilatador, fornece ânimo e disposição, isto porque os vasos e capilares cerebrais foram dilatados e a circulação sanguínea aumenta. É antinatural que os vasos e capilares assim estejam, não é benéfico a saúde.
 
Quando o efeito do café acaba, os vasos passam pelo processo de vasoconstrição, e isto causa certa dor indesejável, pois os vasos estão de contraindo e voltando ao normal. É por isto que a abstinência do uso de café causa dor de cabeça.    
 
As pessoas sempre dizem “Tenho 30 anos e não sinto diferença nenhuma”, maravilha! Mas a maioria dos problemas, percebe-se na terceira idade.
 
Essa vasodilatação e vasoconstrição, que por vezes ocorre diariamente, traz sérios prejuízos. No final da vida, a pessoa fica tremendo e mastigando oque não tem na boca, já perceberam isto? Os idosos que tem estes problemas visitam o médico, mas o doutor diz que não é Parkinson! Então oque é? Um problema que pode ter sido causado pelo uso de café que é rico em cafeína, ou em outros produtos ricos em estimulantes fortes.  
 
 
 
 
PH
 
A escala de PH (Potencial Hidrogeniônico) é uma escala de 0 à 14, 0 (zero) representa uma substância extremamente ácida, 14 representa uma substância extremamente alcalina, e 7, que está no meio da tabela, é neutro.
 
 
O sangue tem o ph de 7,45 que é levemente alcalino.
 
Bactérias, vírus e fungos, não se proliferam em ambiente alcalino. O organismo alcalino protege o indivíduo de muitas doenças. Por outro lado, se o ambiente biológico está ácido, é berço para o aparecimento de doenças como o câncer, e a proliferação de bactérias, fungos, vírus, etc.
 
Substâncias abaixo de 7, na escala de ph, acidificam nosso sangue e organismo. O café tem 4 de ph, que é muito ácido. O ph é logarítmico, de 7,45 para 6,45 é 10. De 6,5 para 5,5 é 100. De 5,5 para 4,5 é 1.000. Isto significa que o café é 1.000 vezes mais ácido que o nosso sangue, portanto, é um instrumento fatal para auxiliar na acidificação do organismo e no aparecimento de doenças.
 
Podemos concluir quer o café é mais ácido que a chuva ácida, que possui o ph de 5,6.
 
 
 
Absorção de Cálcio
 
Pesquisas sugerem que a cafeína interfere na absorção do cálcio e, por isso, o consumo deveria ser evitado por quem sofre de osteoporose ou quer prevenir a doença.
 
Algumas pessoas dizem que o café tem seus benefícios, mas mesmo pequenos, eles são anulados quando combinados com alimentos que são ricos em cálcio, principalmente o leite. A famosa mistura de café com leite não é proveitosa.
 
 
Podemos concluir que o café tem malefícios que não faz valer a pena trazê-lo a mesa.
 
 
 
 
Fontes:
 
  • http://www.cafebrasil.com.br
  • TAVARES, Cristiane; SAKATA, Rioko Kimiko. Cafeína para o tratamento de dor. Rev. Bras. Anestesiol.,  Campinas ,  v. 62, n. 3, p. 394-401,  June  2012 .
  •  Daly JW - Caffeine analogs: biomedical impact. Cell Mol Life Sci, 2007;64:2153-2169.
  •  Sawynok J, Yaksh TL - Caffeine as an analgesic adjuvant: a review of pharmacology and mechanisms of action. Pharmacol Rev, 1993;45:43-85.
  •  Sawynok J - Methylxanthines and pain. Handb Exp Pharmacol, 2011;200:311-329.
  •  Juliano LM, Griffiths RR - A critical review of caffeine withdrawal: empirical validation of symptoms and signs, incidence, severity, and associated features. Psychopharmacology, 2004;176:1-29.

Programa Saúde Total

Levando informações aos ouvintes sobre saúde e qualidade de vida, valorizando os benefícios da natureza: ar puro, atividade física, água, luz solar, alimentação, repouso, abstinência e muito mais.