A Carne é Cancerígena!

A Carne é Cancerígena!

 A Maléfica Carne

 

Quando Falamos sobre os malefícios da carne, devemos começar sob a lógica. Veja, com base na lógica, compreendemos que o vegetarianismo é a única rota de escape para a extinção da fome e falta de água no mundo. Até que um pequeno bezerro cresça, fique pronto para o abate e chegue a uma rede de fast food’s, um supermercado ou a um açougue, é consumida uma quantidade exorbitante de água. Mais da metade do consumo de água potável do mundo é utilizada por animais que estão se preparando para o abate. Existem mais cabeças de gado no mundo do que pessoas.

Cerca da metade da produção mundial de grãos é destinada à pecuária. A média de grãos destinados ao gado nos países da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) Que conta com países como Estados Unidos, Austrália, Alemanha, Itália, é de 70% da produção.

Cerca de 80% da produção mundial de soja, 70% da produção mundial de milho e 70% da produção mundial de aveia são destinadas ao consumo animal. Cerca de 70% da soja produzida no Brasil (incluindo a parte exportada) e 80% do milho cultivado no Brasil (incluindo o que é exportado) tem como destino servir de ração animal. Além disso, grande parcela de outros alimentos altamente nutritivos também são usados para alimentar o gado, como a aveia, o arroz e o trigo.

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgados em 2013, a população de gado bovino no Brasil é de 212,3 milhões de animais. Enquanto isso, o censo demográfico brasileiro de 2013 calcula 204,4 milhões de pessoas.

 

 

Carnes Cheias de Antibióticos e Tranquilizantes

Países em desenvolvimento estão injetando em animais antibióticos em grau tão impressionante que fazem aumentar o risco do surgimento de superbactérias, resistentes às drogas, alertam hoje cientistas.

Esta utilização de antibióticos deverá crescer em dois terços entre 2017 e 2030, e dobrar em gigantes emergentes como China, Brasil, Índia e Rússia, de acordo com estudo da Universidade Princeton. (Os três países, mais a África do Sul, formam o bloco conhecido como BRICS, e são vistos pelos EUA como uma ameaça geopolítica a sua hegemonia).

O trabalho dos cientistas adverte que a prática de se injetarem tranquilizantes e antibióticos nos animais (Pois estão sempre doentes) deixa o mundo mais próximo de um tempo em que infecções comuns podem se tornar um sentença de morte, porque os medicamentos usados para combatê-las se tornarão ineficazes.

Mais da metade dos antibióticos no mundo são usados em animais, muitas vezes para fazer com que cresçam mais rápido.

 

Os Hormônios das Aves

         Muitos querem se desviar das carnes vermelhas optando pelas carnes brancas, as aves, e em específico, os frangos e galinhas.

         No dia 20 de Abril de 2010, o presidente da Bolívia, Evo Morales, em uma conferência tratando de questões ambientais, abriu um parêntese para dizer que a carne das aves, mais especificamente a de frango, deviam ser abolidas imediatamente.

         Para entendermos o processo no qual adiciona-se compostos promotores de crescimento fabricados pela indústria farmacêutica, indicamos que você assista a este vídeo:

 

 


Doenças Causadas Pelo Consumo de Carne

Animais, de forma natural, podem transmitir doenças tradicionalmente conhecidas ao ser humano, como tuberculose, brucelose, febre aftosa, raiva, salmonela, toxoplasmose, cisticercose, intoxicação alimentar, etc. Vacinas aplicadas ao animal, como também processos como o de cozimento, refrigeração ou pasteurização não garantem que a carne esteja isenta de contaminação.

Em outubro de 2015, 22 cientistas de dez países reuniram-se na Agência Internacional de Investigação do Câncer (IARC), a Divisão de câncer da Organização Mundial de Saúde, em Lyon, França. Sua missão era decidir de uma vez por todas, se o consumo de carne traz o risco de contrair câncer.

 

            O relatório traduzido do inglês diz: “Carne processada é cancerígena para os seres humanos com base em provas suficientes que apontam que o consumo de carne processada provoca câncer de intestino. E carne vermelha é câncerígena para humanos com base em evidências suficientes. O consumo de carne vermelha causa câncer em seres humanos, além de uma forte evidência clara de que o mesmo é prejudicial à saúde em outros aspectos." O relatório acrescenta, "Esta associação foi observada principalmente para o câncer colorectal (intestinal), mas associações também foram percebidas no câncer de pâncreas e câncer de próstata”.

 

Há mais de 150 anos atrás, a escritora americana Ellen White havia escrito “A carne nunca foi o melhor alimento; seu uso agora é, todavia, duplamente objetável, visto as doenças nos animais estarem crescendo com tanta rapidez. Os que comem alimentos cárneos mal sabem o que estão ingerindo. Frequentemente, se pudessem ver os animais ainda vivos, e saber que espécie de carne estão comendo, iriam repelir enojados. O povo come continuamente carne cheia de germes de tuberculose e câncer. Assim são comunicadas essas e outras doenças.” (A Ciência do Bom Viver, 313).

 


Programa Saúde Total

Levando informações aos ouvintes sobre saúde e qualidade de vida, valorizando os benefícios da natureza: ar puro, atividade física, água, luz solar, alimentação, repouso, abstinência e muito mais.